O QUE É UMA VIVÊNCIA?

Chamamos de vivência todo o processo formativo dos participantes durante a permanência em nossas casas coletivas e/ou nos Labs NINJA. Neste processo, é possível trocar aprendizados relacionados tanto aos conteúdos na área em que se inscreveu, quanto aos valores de cooperação intrínsecos à formação cidadã e coletiva que marcam os nossos trabalhos. Nossos espaços, por isso, são consideradas campus de formação livre, onde a vivência é a força-motriz para a troca de saberes. As vivências compreendem um conjunto atividades orientadas por integrantes do núcleo durável da Mídia NINJA e Fora do Eixo, tais como, coberturas colaborativas e trabalho em campo, reuniões, oficinas, módulos com o Corpo Docente da Mídia NINJA, percursos culturais e tudo o que envolve a dinâmica diária de trabalhos da casa coletiva e Labs NINJA.

 

QUEM PODE PARTICIPAR?

a) Qualquer pessoa do Brasil, América Latina e de outros países com aptidão e abertura para as práticas coletivas e solidárias, para o desterritório (viagens inesperadas podem estar em nosso plano) e com tempo livre de 10 a 15 dias para a vivência, salvo exceções.
b) Não é necessário fazer parte de algum coletivo da rede Fora do Eixo ou Mídia NINJA.
c) Não precisa de diploma universitário.
d) Menores de idade devem ter autorização dos pais.
e) Pessoas compromissadas com os Direitos Humanos e com valores em prol da igualdade racial, de gênero, social e outras.
f) Espírito colaborativo é essencial.

 

O QUE OFERECEMOS?

a) Experiência na área escolhida dentro do edital acompanhada por um orientador e podendo transversalizar em outras áreas.
b) Módulos teóricos e práticos com corpo docente da Mídia NINJA/Fora do Eixo sobre temas transversais às áreas da vivência.
c) Hospedagem (nossos quartos são coletivos).
d) Alimentação.
e) Orientação e acompanhamento da vivência.
f) Percursos em eventos culturais na cidade.

 

QUANTO TEMPO? A PARTIR DE QUANDO?

Os participantes selecionados serão convocados a partir do dia 30 de janeiro de 2018. O período de vivência compreenderá dois ciclos com turmas distintas, sendo o primeiro de 5-15/fev e o segundo de 19/fev -01/mar, salve exceções, conforme negociação entre o vivente e seus orientadores.

 

EM QUAL CIDADE SERÃO REALIZADAS AS VIVÊNCIAS?

Rio de Janeiro.

 

LOCAIS DAS VIVÊNCIAS?

Além de toda cidade maravilhosa do Rio de Janeiro, as vivências terão como os principais espaços a Casa Coletiva da Mídia NINJA e do Fora do Eixo e também o FRONT RJ.

A Casa Coletiva está situada em Santa Tereza e é local em que os ativistas das redes moram, compartilham suas vidas e seus cotidianos de trabalho. Além dela, o FRONT, espaço de trabalho situado no centro do Rio de Janeiro e co-gerido por vários coletivos da cidade, será o local onde grandes partes das atividades serão sediadas.

 

TEM ALGUM CUSTO?

Não é necessário o investimento em real R$ para inscrição e participação nas vivências do LAB NINJA. Toda doação é livre e espontânea. Compreendemos o processo de vivência como um investimento mútuo entre todo(a)s o(a)s envolvido(a)s, sendo o FdE Card a principal moeda financiadora deste Edital.

O transporte/deslocamento até o Rio de Janeiro fica por conta do participante.

 

EM QUAL ÁREA DA VIVÊNCIA POSSO ME DEDICAR?

::: Redes Sociais
Análise de tendências nas redes; acompanhamento e permanente monitoria de temas e pautas da conjuntura e comportamentais; elaboração e publicação de narrativas via Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e Flickr; redação de textos para web; sistematização e produção de relatórios; desenvolvimento de estratégias e campanhas; elaboração de ações diretas e intervenções digitais.

::: Redação/Jornalismo
Produção de matérias e reportagens jornalísticas; manutenção do portal da Mídia NINJA; revisão e apuração de pautas enviadas por outros colaboradores; produção de texto em coberturas de rua; desenvolvimento de textos de campanhas de mobilização social.

::: Audiovisual
Realização de coberturas audiovisual em tempo real; edição e finalização de documentários do acervo NINJA; realização de séries, reportagens e documentários; elaboração de roteiros; auxílio técnico em programas audiovisuais ao vivo e on-line; auxílio técnico em realização de mostras audiovisuais; gravação, edição, sonorização, animação, remixagem e produção técnica audiovisual.

::: Fotografia
Realização de coberturas fotográficas em tempo real, ensaios e fotorreportagens; edição e tratamento de fotos no computador e no celular; construção de catálogo e arquivo fotográfico; mapeamento de pautas culturais; sistematização de conteúdos e construção de relatórios.

::: Design
Criação e desenvolvimento de design gráfico
Criação e produção de peças gráficas para eventos, identidades visuais, memes, ações diretas com aplicações para web e impressos. motion design, criação de material multimídia para redes sociais (avatares, banners, e memes), diagramação de documentos (apresentações, cartilhas e infográficos), ajustes de peças criadas e arte-finalização, ilustração.

::: Hackerismo
Atividades nas áreas de desenvolvimento de software, administração de sistemas e desenho de interfaces para programadores, designers e cientistas de dados que se identificam com as pautas e valorizam a mobilização civil.

::: Residência Cultural (obrigatório a todos os participantes)
Chamamos de residência cultural as atividades que envolvem a gestão e manutenção dos ambientes comuns de trabalho e convivência, ou seja, a participação no cronograma de revezamento da cozinha, limpeza e organização dos espaços de vivências.

 

COMO SE INSCREVER?

Para se inscrever, os interessados devem preencher o formulário de inscrição disponível neste site e também disponibilizar o link de acesso ao seu portfólio no campo indicado no formulário. As inscrições permanecerão abertas até o dia 26 de janeiro deste ano. Corra!

 

SELEÇÃO

A seleção dos participantes será realizado por um time composto por editores da Mídia NINJA, ativistas das redes Fora do Eixo e UniCult – Universidade das Culturas, e compreenderá duas fases. A primeira será feita a partir das análises das respostas ao formulário, levando-se em conta o perfil dos candidatos e o portfólio apresentado. A segunda fase será feita por meio de entrevistas online com os participantes selecionados na etapa anterior.

Os candidatos selecionados para as entrevistas serão contactados por e-mail ou, caso não haja resposta, por telefone. Se em nenhum desses casos houver retorno do participante, este será automaticamente desclassificado.

O resultado da seleção será divulgado diretamente a todos os participantes selecionados a partir do dia 30 de janeiro.

 

O QUE É MÍDIA NINJA?

A Mídia NINJA foi fundada em 2013 e ganhou notoriedade durante as manifestações de junho que reuniram milhões nas ruas do Brasil. À ocasião realizou coberturas ao vivo de dentro dos protestos, com múltiplos pontos de vista invisíveis na mídia tradicional. Em 2016 foi uma das principais iniciativas de resistência na luta pelo fortalecimento da democracia em meio a instabilidade política. Hoje a rede engaja mais de 2 milhões de apoiadores e cerca de 500 pessoas diretamente envolvidas com o suporte de casas coletivas pelo Brasil. Em 2013, ganhou o Shorty Awards for our Social Media Profile.

Saiba mais: midianinja.org

 

O QUE É O FORA DO EIXO?

Rede de cultura, comunicação e ativismo que conecta pessoas, coletivos, casas e redes em 26 estados do Brasil mais o DF e com parceiros em 15 países da América Latina. A rede atua sob os princípios da colaboração, da autonomia, do midialivrismo e do compartilhamento livre de conhecimentos. Em uma década de atuação fomentou a criação de dezenas de coletivos, casas coletivas e projetos no Brasil e em outros países, que por sua vez, impulsionaram o desenvolvimento de outras redes, tais como, a Rede Brasil de Festivais, a Universidade das Culturas, a Cultura de Red e a mais conhecida delas – a Mídia NINJA.

Saiba mais: foradoeixo.org.br

 

O QUE É A UNIVERSIDADE DAS CULTURAS?

A Universidade das Culturas é um conjunto de iniciativas que conecta pesquisadores, grupos, coletivos, universidades, pontos de cultura e agentes culturais. O objetivo é articular em rede projetos no campo da formação cultural. Para isso, a UniCult parte do entendimento de que existem diversas metodologias de formação, legíveis, autônomas e reconhecidas culturalmente, empíricas e teóricas, ancestrais e contemporâneas, urbanas e rurais, que vão além de uma concepção tradicional da escola baseada no confinamento e na fragmentação do conhecimento.

Saiba mais: unicult.org